Escolha a Cidade:

Postado por <Abyara Brokers>
18 mai

Por Rafaela Lobato

Mesmo com o clima de incertezas econômicas, 2015 será um ano de muito trabalho para todos os setores da economia no Brasil. Os consumidores estão mais exigentes, pesquisando mais e avaliando diversas variáveis antes de decidir uma compra, buscando sempre uma boa oportunidade. O investidor está mais seletivo também.

Há boas notícias quanto ao cenário socioeconômico que favorecem o mercado imobiliário. Veja que interessante este estudo feito pela Inteligência de Mercado Grupo Brasil Brokers.

Existe alta demanda por imóveis com o crescimento e enriquecimento da população em idade produtiva. Segundo projeções do IBGE, até 2020, haverá um incremento de 20 milhões de habitantes com idade entre 25 a 50 anos. Este é o principal público-alvo para a compra de imóveis no país.

Além disso, mais de 15 milhões de pessoas ingressaram na faixa A e B nos últimos 12 anos, este fator é decisivo para o fortalecimento da economia e do setor de imóveis.

A participação do crédito imobiliário no PIB (Produto Interno Bruto) no país tem evoluído de forma sustentável desde 2007. Na Região Metropolitana de São Paulo (RMSP) foram identificados 621 futuros lançamentos, entre eles, 492 estão localizados em SP- Capital.

É importante lembrar que São Paulo é a décima cidade mais rica do mundo e a RMSP produz um quinto do PIB brasileiro. Dados do último Censo apontam que as pessoas ainda preferem os centros urbanos, 84% vivem nas cidades.

O número de domicílios cresce 2 vezes mais depressa que a população.“Este fenômeno é explicado pelo novo estilo de vida dos paulistas, que adotaram novas configurações familiares e muitos preferem morar sozinhos,” ressalta a diretora de gestão de clientes e inteligência de mercado do Grupo Brasil Brokers, Cristiane Crisci.

A fase mais relevante do desenvolvimento imobiliário da RMSP ocorreu nos últimos cincos anos. O mercado chegou ao patamar de 30 bilhões de reais lançados ao ano que resulta em boas oportunidades de negócio tanto para clientes como para consultores de imóveis.
O que vai fazer a diferença em 2015 será o planejamento e a inovação em todas as cadeias produtivas do Setor Imobiliário.

Fontes:

Inteligência de Mercado Grupo Brasil Brokers

Abecip – Associação Brasileira das Entidades de Crédito Imobiliário

Embraesp – Empresa Brasileira de Estudos de Patrimônio

IBGE – Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística

The World Factbook, CIA – Central Interlligence Agency

Em Mercado Imobiliário
,
Postado por <Abyara Brokers>
26 mar

 

Há grande expectativa  para o Brasil com os grandes eventos esportivos como a Copa do Mundo e Jogos Olímpicos que serão realizados nas principais capitais brasileiras. Além de investimentos públicos e privados, essas regiões e entornos serão contempladas com valorização e desenvolvimento, será também um momento oportuno para o setor imobiliário.

Nos últimos quatro anos, quem comprou imóvel conseguiu uma valorização em torno 80% com o aquecimento do mercado imobiliário.  Impulsionado principalmente pelo aumento do poder aquisitivo da população brasileira e aumento da disponibilidade de crédito. O Brasil segue com uma demanda reprimida de mais ou menos 1,5 milhões de novas famílias por ano de potenciais compradores.

É válido lembrar que o Brasil é a sexta maior economia do mundo. Porém, em 2012, o valor médio do metro quadrado no país foi apenas o 64º maior do mundo. Ou seja, temos uma janela muito positiva para valorização.

2012, foi a vez dos imóveis comerciais, que tiveram muita procura e ótima valorização. A expectativa deste ano será também os imóveis prontos ou usados, muito procurado por quem vai casar ou precisa se com urgência,  será uma boa opção de investimento. Além de adquirir um patrimônio e sair do aluguel, na prática pode ser uma fonte de renda  interessante a longo prazo.

Fonte:  Redimob

Em Mercado Imobiliário
, , ,
Postado por <Abyara Brokers>
25 mar

Vila Madalena é um bairro nobre da cidade de São Paulo situado em Pinheiros, zona oeste de São Paulo. Contemplado pela Linha 2 – Verde do Metrô (Estação Vila Madalena), onde é servido por um terminal de ônibus.

Conhecido por ser um reduto boêmio da cidade de São Paulo, desde o início dos anos 70, quando estudantes com pouco dinheiro passaram a morar por lá, por causa da proximidade à Universidade de São Paulo (USP).

 

Passeando por lá, você perceberá que existe uma grande concentração de bares e casas noturnas, casas de chá, além da escola de samba Pérola Negra.

Mas além do lado boêmio, o bairro conserva uma concentração de ateliês e centros de exposição artística, lojas de vanguarda, escolas de música e teatro.

Uma característica do bairro são os nomes líricos de suas ruas, como por exemplo: Harmonia, Girassol, Wisard e Original. Esses nomes surgiram como sugestão de estudantes, participantes do movimento anarquista e tinham a intenção de quebrar a tradição urbana de homenagear autoridades públicas

 

Em Bairros
, , ,
Postado por <Abyara Brokers>
21 mar

Os imóveis novos na zona norte da cidade de São Paulo custaram em média 350 mil reais nos últimos três anos, segundo pesquisa da consultora de lançamentos imobiliários Lopes, que mostra como se comportou o mercado imobiliário da região no período.

Segundo a pesquisa, a região, que é delimitada pela Serra da Cantareira e pela Marginal Tietê, tem área e capacidade de lançamento limitadas, mas tem sido bastante buscada principalmente por consumidores que já são da região, que representam 85% dos compradores.

O estudo também mostra que a Zona Norte tem baixa participação no total de unidades lançadas em toda a cidade: a região corresponde a apenas 12% dos 109 mil apartamentos lançados em São Paulo no último triênio.

Veja a seguir o preço médio do metro quadrado praticado nos últimos três anos por bairro:

Zona de Valor

Preço m²

SANTANA R$ 7.400
CASA VERDE R$ 7.020
TREMEMBÉ R$ 6.230
VILA GUILHERME R$ 6.140
VILA MARIA R$ 6.080
PIRITUBA R$ 5.770
TUCURUVI R$ 5.590
MANDAQUI R$ 5.440
FREGUESIA DO Ó R$ 4.870

 

 

Segundo o estudo, o bairro mais procurado para compra de imóveis na região é Santana, mas também são bastante desejados os bairros Tremembé, Pirituba, Casa Verde, Vila Maria, Freguesia do Ó e Vila Guilherme.

Fonte: Exame

Em Mercado Imobiliário
,